Ir para conteúdo

Encontro de Moda Friozinho 18: Sente só como foi! por Marina Giustino | Rio de Janeiro, 20.04.17

DSC_1743_ok

O Encontro de Moda Friozinho 18 acabou de passar e a gente já tá com saudade. Foi um dia muito especial, envolto em uma atmosfera linda, com direito a luz solar, sorrisos, abraços, mantra, meditação, reflexões sobre a Moda, o que querem @s consumidor@s na Nova Era, e muita, muita inspiração. A gente espera que você tenha saído de lá revigorad@ e chei@ de novas ideias pra colocar em prática. É sempre um trabalho de meses, super cuidadoso e de muita dedicação. O melhor de tudo é saber que o mercado aguarda ansiosamente por essa entrega concreta do Bureau e, ao final de tudo, poder receber o seu feedback feliz, os beijos e abraços.

Nesse Encontro de Moda, além da tão aguardada palestra da Rê com as inspirações e sensações da temporada, o Bureau trouxe uma novidade: quatro Rodinhas mediadas por experts em assuntos que estão em pauta nesse momento, possibilitando que @s participantes pudessem interagir também. Em uma tarde de intensa troca, foram abordados temas como Representatividade na Moda, Processos Criativos, Causas e Conexões Responsáveis e movimento #FeitoNoBrasil, tendo como madrinha a AHLMA, e costurados pela super Daniela Reis, ativista e representante do Yunus Social Business e da start up Welight, e as participações especialíssimas das mediadoras Carla Lemos, influenciadora digital e criadora do site Modices,Clarissa Biolchini, super referência em Design Thinking no Brasil, além da nossa Rê Abranchs. Obrigada demais por essa riqueza! <3

Teve, ainda, um momento único e especial, de imersão profunda, onde tod@s nós, conduzid@s pelos músicos Jean-François DanielFelipe Tupinambá, da Soul Jam Sessioncriamos um mantra.

Um abraço bem apertado nas nossas patrocinadoras, as gigantes químicas Rhodia e CHT Bezema, sem vocês, a gente não teria realizado nada disso. <3 O nosso salve bem grande ao IED Rio, por esse espaço que dispensa comentários, que inspira História, Memória, Design e, ainda por cima, em um dos cartões postais mais lindos da Cidade Maravilhosa. Muitos e muitos vivas pros nossos colaboradores da Pesquisa, que doaram pra nós o seu precioso tempo, enriquecendo o nosso conteúdo com sugestões e insights. Valeu, Amanda Mujica, Carol Lenz, Daniel Kalleb, Livia Marttins e Thamy Vosgueritchian. Do nosso ladinho, sempre, super parceiros, a JING, com seus aromas maravilhosos e sob medida pros nossos macrotemas da temporada; DJ Galalau, que embala as nossas vidas com trilhas pulsantes; ArteDesenho, ambientando de maneira única, trazendo beleza, harmonia e design pro nosso Encontro; Tecnoblu, sempre com os brindes mais amados, caprichados e desejados; Wabi-Sabi, trazendo a natureza com design e frescor; JVE, com sua tecnologia, telões e som de ponta, deixando as imagens ainda mais lindas; ao nosso amado filho RIOetc, dando sempre muito suporte e tornando tudo mais solar e feliz com sua presença e cliques; ABIT e MALHA pela força na divulgação; WGSN Brasil que nos inspira a criar conteúdos novos e vibrantes; Greenpeople por compartilhar os bem estar que existe nos seus sucos naturais e mais saborosos do planeta; e Sol Ipanema Hotel pela atenção especial aos convidados do Encontro na hospedagem. Obrigada sem fim! <3

Vem relembrar com a gente esse momento único. Se você perdeu, em outubro tem mais! Nas imagens dá pra sentir um pouco a beleza que foi. ;)

DSC_1566_okDSC_1719_okDSC_1449_okDSC_1446_okDSC_1455_okDSC_1467_okDSC_1461_okDSC_1713_okDSC_1560_okDSC_1768_okDSC_1760_okDSC_1828_ok_26A5470_26A5473_26A5449_26A5533_26A5421_26A5577

 

Fotos do Tiago Petrik e da Bel Corção/ RIOetc

para blog

logo menos tendencia para posts blog

PATROCÍNIO E CARINHO:

AMNI E CHT

MADRINHA DAS RODINHAS:

AHLMA

APOIO:

LOGOD

Bureau + aLagarta: A revolução THINX por aLagarta . | Rio de Janeiro, 11.04.17

Hoje, as marcas que fazem a diferença são, geralmente, as que provocam uma verdadeira revolução no dia a dia das pessoas. Marcas como a THINX, que surgiu para, finalmente (e realmente), facilitar a menstruação. Sem rodeios ou vergonha da palavra (que há tempos atrás era vista como indelicada), e com bastante poesia, a proposta é inédita. Um sopro de ar fresco pra meninas e mulheres do mundo todo!

E se você pudesse menstruar sem precisar usar absorventes que abafam a pele e ainda poluem o meio ambiente? Pois foi o que a THINX pensou, lançando suas “period panties”, as calcinhas que absorvem a mesma quantidade que dois tampões, “e ainda assim, aparentam e passam a sensação de uma calcinha normal”.

São diversos modelos, do estilo hot pant, passando pela basiquinha e tem até com transparência, para “heavy days” ou pra fluxo médio. O segredo está no tecido tecnológico que absorve e também combate bactérias. De acordo com a THINX, você pode usar qualquer uma das calcinhas o dia inteiro, dependendo do seu fluxo, é claro. A comunicação no site é feita com muita simplicidade e clareza e na seção How it Works, há até uma cartela explicativa.

aL-REA-THINX-01

A THINX também produz collants com shapes diferenciados e macacões pra exercícios como yoga e dança, na linha Activewear. Vale demais assistir ao vídeo que demonstra o ciclo feminino através da dança contemporânea, com corpos “reais”, usando os collants da marca, é claro. E os produtos da THINX não se limitam ao underwear. Pras mulheres que ainda não se adaptaram à soluções alternativas como o copinho coletor, a marca produz também tampões ecológicos, “for real menstruating humans”, como anunciam. Feitos de algodão 100% orgânico, eles não levam componentes químicos e são biodegradáveis! A caixa com 8 custa 6 dólares. Bem acessível, né?

aL-REA-THINX-03

homepage__hero--2

Pras desconfiadas, a THINX promete que a mágica acontece de verdade, e conta com muitos depoimentos de clientes satisfeitas. Mas há  também a tradicional promessa de reembolso do dinheiro, caso você não curta ou não se adapte.  E aí, deu vontade de experimentar?

.

{Este post é produzido e compartilhado com *aLagarta}

*A aLagarta é a primeira emag feminina independente e colaborativa do Brasil. Uma eterna mutante, tem vida própria e vira borboleta toda vez que lança uma nova edição.

logo menos tendencia para posts blog

Bureau + Insecta <3 YES I AM por Insecta Shoes | Rio de Janeiro, 30.03.17

aaa

Sim, a YES I AM é uma marca de jeans premium 100% brasileira. Criada em 2012, tem como foco a moda slow, produzindo peças atemporais feitas para durar e sempre de olho na cadeia produtiva.

A história da marca teve início com Raquel Ferraz, idealizadora e estilista. Com empresas como Reserva e Calvin Klein no currículo, Raquel tinha conhecimento aprofundado sobre jeanswear, mas não concordava com o sistema de produção voltado para o fast fashion, com o qual tivera contato. Partindo desse rompimento, decidiu fazer jeans do jeito que considerava mais correto.

Em sua empreitada junto com a sócia Fernanda Veríssimo, a proposta era produzir um jeans com caimento perfeito para a mulher brasileira através de uma cadeia produtiva justa, humanizada e atenta ao meio-ambiente.

banner-alice_1_1

As peças da YES I AM são voltadas para quem busca um estilo de vida mais básico, prezando por conforto e especialmente pelo aumento da vida útil da roupa. As silhuetas são clássicas: o jeans de cintura alta é atemporal e é produzido na numeração que vai do 34 ao 46. Como explicam no site, “somos a necessidade do vestir por trás do efêmero”, ou seja, o foco é a usabilidade da peça, descartando modismos passageiros.

Além das calças, a YES I AM também trabalha com shorts em jeans, vestidos e camisas em liocel e camisetas em linho. Sempre com o mesmo conceito de peça básicas que se combinam facilmente entre si, possibilitando mais opções com menos peças e por mais tempo. Outro atrativo da marca são as pochetes básicas. Produzidas em parceria com a marca Artéria, são feitas para combinar perfeitamente com o jeans de cintura alta.

dorothy-front

banner-site-short-vera

A transparência na cadeia produtiva é um dos pilares da marca. Elas acreditam que o empoderamento do consumidor é um caminho para um consumo mais consciente de peças duradouras e de qualidade. Toda a produção da YES I AM é brasileira, feita em duas fábricas, uma no interior de São Paulo e outra em Minas Gerais. Todas as pessoas envolvidas no processo são apresentados no site da marca, onde contam detalhadamente a função de cada um deles, mostrando como cada peça passa por várias mãos até chegar na consumidora

Desde a idealização, passando por modelagem, corte, costura e prototipagem, todo o processo de seis meses do desenvolvimento dos produtos é divulgado de forma transparente pela marca. Um ponto importante nesse caminho é a lavanderia, já que o denim passa invariavelmente por uma lavagem para que se torne mais cômodo. As lavanderias industriais que trabalham com a YES I AM são escolhidas a dedo, utilizando o mínimo de produtos químicos no amaciamento. As empresas possuem compromisso em não usarem processos que agridam o meio ambiente e os trabalhadores e possuem estações de tratamento de água de acordo com as leis ambientais.

yes_iam_jeans8

Além disso, os tecidos utilizados nas peças da YES I AM já são escolhidos pensando nessa etapa industrial: são eleitas as fibras que não precisem de tratamento com enxofre nem lixamento, valorizando uma cartela de cor neutra e mais natural.

.

{Este post é produzido e compartilhado com a Insecta Shoes pelo movimento #FeitoNoBrasil}

para blog

logo menos tendencia para posts blog