Ir para conteúdo

3 coisas que você precisa saber essa semana por Marina Giustino | Rio de Janeiro, 19.07.17

Hoje, a gente inicia aqui no site uma série de pílulas semanais pra inspirar a sua semana. São novidades sobre temas variados relacionados à Moda, Música, Design, Arte, comportamento, lugares, curiosidades, coisas que o Bureau anda fuçando por aí e morre de vontade de compartilhar com você.

Obs: se você já acompanha o nosso Instagram, sabe que a gente costuma fazer uma curadoria bem legal de perfis pra seguir por lá.  Se ainda não segue, clica aqui. ;)

.

1 – O novo clipe d’O Terno

Apenas pare o que você está fazendo e assista ao novo clipe de “Não Espero Mais”, d’O Terno, banda que a gente ama e escuta direto por aqui. Os clipes deles são imbatíveis, mas esse aqui é um forte candidato a um dos melhores clipes de 2017. ;)

.

2 – Sacola de papelão (de luxo)

Zoeira no melhor estilo “Vetements”: por incrível que pareça, tem gente vendendo sacolas vazias de marcas de luxo no Enjoei.com. Até ontem, havia uma sacola da Burberry por 119 Reais. Se fuçar mais um pouco, dá pra achar várias: Prada, Gucci, Missoni… EITA.

sacola2

3 – E por falar em zoeira…

Depois  que Demna Gvasalia colocou na passarela da Balenciaga uma bolsa inspirada na famosa sacola de fibra da sueca IKEA, a rede de lojas de artigos pra casa aproveitou a superexposição e lançou uma campanha pra lá de esperta, enaltecendo seu próprio produto, dito como “original” e muuuuito mais barato que a bolsa da Balenciaga, que custa cerca de 2.000 Dólares. Olha só:

980x-2

O hype foi tão grande, que a famosa sacola da IKEA de 99 centavos passou a ser altamente desejada! Hoje, tem até um perfil de Instagram dedicado a pessoas que fazem upcycling das sacolas, transformando-as em roupas e pochetes, e, incorporando a logo da marca à camisetas, tênis, calças, etc. Normalmente, essa história toda poderia ter gerado um mega processo judicial, mas a IKEA tem se divertido e aproveitado pra valer esse momento! Por aqui, nos últimos Encontros de Moda, a gente já vinha falando da onda de logos de marcas populares na Moda. Essa história ainda vai dar muito pano pra manga…

IKEA2 IKEA'

Bureau + aLagarta: Ornamente-se | Acessórios slow design para se apaixonar por aLagarta . | Rio de Janeiro, 05.07.17

Nossa busca incansável por marcas conscientes, com alma e produtos singulares sempre nos surpreende. Como tem gente criativa no Brasil! Hoje, separamos 3 designers de acessórios que nos encantaram com seu ofício. Vem conhecer:

.

Adriana Valente
studioadrianavalente.com

O trabalho da designer Adriana Valente foi uma feliz recem-descoberta e curtimos tanto que as peças estarão presentes em nossa próxima edição. Além de brasileiríssimas e muito autorais, são feitas artesanalmente, respeitando o tempo do processo criativo e de produção, e em tiragens menores – o que torna tudo ainda mais exclusivo e especial. Depois de passar por diversos materiais, Adriana se apaixonou pela madeira. “Para mim, não há nada mais poderoso que trabalhar com a natureza e proporcionar às pessoas que possam levar um pedaço dela consigo” – explica.

7676876

A designer também ressalta a importância de seu escultor Urubatan Oliveira, que tem mais de 40 anos de experiência e é o responsável pela produção de cada peça. A assinatura de Valente é única e, ao contrário do que parecem, são peças leves de se usar. Daqueles produtos que vão durar pra sempre no armário, funcionando como um aliado perfeito na hora de pensar em uma produção com um fator “uau”.

YTRTYTR

.

Ana Zulma
anazulma.com.br

As joias da Ana parecem ter alma própria. Não há como não sentir sua energia e todo o carinho e empenho que a designer coloca em seu fazer. Exigente e detalhista, Ana trabalha com prata e ouro com alto padrão de qualidade e, claro, faz tudo à mão, sempre respeitando o gosto e os desejos de suas clientes apaixonadas por peças delicadas, mas cheias de personalidade.

RRTRETR

Não é difícil reconhecer o trabalho da Ana por aí. O design é muito próprio e cada coleção sempre conta uma história. São muitas: LYRICA, AURA, Energia, Mania Mania… Todas se unem através de uma característica em comum: o encanto. E Zulma também se empenha a criar joias sob medida e exclusivas pra quem quiser encomendar.

65776

.

CLIN
desvioclin.com.br

Fernanda Ventura (criativa também presente na nossa equipe!) é o nome por trás da delicada CLIN – marca independente que valoriza a produção local e manual. A designer faz questão de priorizar matéria prima  brasileira e seleciona cuidadosamente suas pedras. Quem não ama carregar pertinho de si um cristal? As peças com design minimalista são criadas artesanalmente pelas mãos da própria Fê, que está sempre em constante evolução. Vale acompanhar a marca, que traz sempre alguma novidade.

564564576

Uma curiosidade: a escolha do nome se deu a partir da palavra Clinamên, que na filosofia significa “desvio” e “invenção”. No manifesto da marca, Fê explica que busca “na simplicidade das formas a beleza do vir a ser. Nos desviamos dos padrões estabelecidos e acreditamos que através de pequenas ações experimentamos o encontro com uma vida mais leve, consciente e livre”.

3452435

E vocês, conhecem mais artistas incríveis? Compartilhem coma gente. <3

.

{Este post é produzido e compartilhado com *aLagarta}

*A aLagarta é a primeira emag feminina independente e colaborativa do Brasil. Uma eterna mutante, tem vida própria e vira borboleta toda vez que lança uma nova edição.

para blog

logo menos tendencia para posts blog

 

 

Saiba como foi o nosso primeiro Journey NY Trends por Marina Giustino | Rio de Janeiro, 22.06.17

No final de maio, nossa Rê Abranchs embarcou pra Nova York com a turma da MALHA pra dar o primeiro curso de Coolhunting do projeto Journey NY Trends. Ao lado dos feras e incansáveis André Carvalhal, Herman Bessler e Letícia Magalhães, mergulhamos no coração da contracultura e das tendências mundiais pra uma jornada encantadora, desbravando as iniciativas, projetos, pessoas e lugares mais criativos e pulsantes da cidade.

A turma que participou do curso, ao final de 15 dias intensos, saiu completamente extasiada dessa grande vivência, cheia de ideias, inspirações, insights pra inovação, novas ferramentas e métodos de Coolhunting. O curso contou com muitas horas práticas, o que possibilitou aos participantes colocar em prática todo o aprendizado adquirido e diversos encontros com uma galera que ja tá cruzando a ponte pra Nova Era. Entre os pontos altos da viagem: o bate-papo  com os headers de pesquisa da TrendWatching, uma das maiores agências de tendências do mundo; o almoço no Roberta’s com criativos que estão mudando a cena novaiorquina nos mais diferentes campos; a visita ao Knickerbocker, espaço maker no Brooklyn com o propósito de trazer a produção de Moda de volta para os EUA de forma ética e colaborativa; o bate-papo com a doce Juliana Leandra da Dream Box, laboratório criativo que faz conceituação, curadoria e produção de projetos de arte. A Ju nos levou pra fazer um tour pelas galerias de arte mais legais da cidade; visita ao Brooklyn Brush Studios, espaço que junta ateliês de Arte, escritórios e ambientes criativos; bate-papo com a Julia Brandão, artista brasileira que trabalha com reutilização das próprias roupas e peças de brechó e visita ao Brooklyn Grange, um terraço com a maior horta urbana comunitária do mundo.

O resultado disso tudo será materializado em um grande Trend Report com as novas direções do planeta nas Artes, Moda, Tech, Cultura, Economia, Educação e Política. O melhor de tudo: será de gratuito pra você! Em breve, a gente te conta onde baixar esse conteúdo lindo. ;)

Se você não conseguiu participar dessa edição e tem muita vontade de viajar com a gente, vamos te contar um segredo: em setembro/outubro tem mais! \o/ Iuhuuu! Tá interessad@?! Manda um e-mail pra hello@yourjourney.cc

Caso você queira uma vivência de Coolhunting brazuca sob medida pra sua empresa, é só entrar em contato com a gente. Liga pra cá (21) 2552-2254/ 2553-0551 ou manda um e-mail pra contato@renataabranchs.com.br

Enquanto isso, vem sentir como foi essa jornada nos cliques do Bruno Bezerra: