Ir para conteúdo

Bureau + aLagarta: decor feito à mão e com amor por aLagarta . | Rio de Janeiro, 01.02.17

O ano começou com uma vontade de limpeza e ar fresco. A cor Greenery, sugerida pela Pantone, deu o tom e combinou com a vontade de muita gente de decorar o lar. As varandas ganham cada vez mais importância, ainda que pequeninas, e tem quem esteja tentando transformar até mesmo a sala ou o quarto num jardim particular. A busca por objetos que ornem com essa filosofia só aumenta e a boa notícia é que não falta opção.

Todo dia a gente descobre mais artistas por aí produzindo coisas lindas, feitas à mão e no Brasil. Viva o encontro da decoração com a sustentabilidade! Pensando nisso, separamos algumas opções pra quem tá em busca daquele toque especial no ambiente. Vem conferir:

aL-REA-abertura

 

pamelitas | @studiopamelitas

Porcelanas delicadas, pintadas à mão e com ilustrações originais. Impossível resistir a esse combo da pamelitas!  O traço delicado e a temática lúdica é de gerar desejo em qualquer mente sonhadora. Quem amou pode encomendar por e-mail no pamelitasdesign@gmail.com, e também é possível conferir os produtos de perto na edição de São Paulo da feira Jardim Secreto.

aL-REA-panelistas

.

Coletivo Mentha | @coletivomentha

A produção do coletivo Mentha – criado pela fotógrafa Luiza Potiens – é toda artesanal. A fiber art em forma de lindos objetos de decoração conquista de cara. Dá vontade de ter uma varanda com brisa pra decorar e passar o tempo… As cores leves e frescas da fibras dão aquele toque especial. As peças são únicas e claro, feitas com muito amor!

aL-REA-mentha-02

.

Helebora | helebora.com

Criada por Beatriz e Flora, a Helebora encanta de primeira. A sutileza e os ricos detalhes tornam cada peça especial e singular. Os produtos são feitos com muito amor pelas irmãs, adeptas do movimento slow e que fazem objetos lindos pra decorar a casa e o jardim. Mas não só isso: as meninas estão expandindo sua gama de produtos com pentes e suportes para anéis e garrafas. Confira a entrevista que fizemos com elas no ano passado, aqui.

aL-REA-Helebora-02aL-REA-Helebora-01

.

Sacada Design | sacadadesign.com.br

Que ideia linda! O Portal colaborativo é ideal pra conhecer novos designers e criadores, abrindo espaço pra produtos feitos à mão. Com foco no consumo consciente, ele impulsiona artistas brasileiros e é recheado de produtos surpreendentes, de difusores pessoais de aroma até luminárias divertidas.

aL-REA-Sacada-Design-01aL-REA-Sacada-Design-02

Que alegria encontrar objetos tão lindos, feitos com alma e coração por pequenos produtores. Com certeza vão deixar qualquer cantinho mais leve, colorido e cheio de energia boa!

.

{Este post é produzido e compartilhado com *aLagarta}

*A aLagarta é a primeira emag feminina independente e colaborativa do Brasil. Uma eterna mutante, tem vida própria e vira borboleta toda vez que lança uma nova edição.

para bloglogo menos tendencia para posts blog

Bureau + Insecta <3 Ripa por Insecta Shoes | Rio de Janeiro, 26.01.17

13224_1585178028427578_8576085557207186377_n

Gabriella Real e Mairê Ramazzina encontraram na madeira de descarte uma nova forma de produzir joias. A dupla carioca combina técnicas de marcenaria e ourivesaria para produzir peças tão bonitas e duráveis quanto às peças de joalherias clássicas, mas com preços bem mais acessíveis e design contemporâneo.

A ideia de produzir joias ainda não estava lá quando Gabriella e Mairê quiseram começar projetos próprios. Aconteceu quando eles perceberam a quantidade de madeira desperdiçada nas oficinas. Foi depois de alguns estudos de formas com esse material que eles enxergaram a possibilidade de aplica-los em joias.

11705278_1638901263055254_5436799464742329556_n13315218_1759372214341491_3739281224651600993_n

“Começamos em 2014 com o objetivo de desenvolver projetos próprios. […] Foi no laboratório de volume da PUC que criamos as primeiras formas livres com a madeira que havia sobrado do período”, contou Gabriella.

As madeiras que costumam fazer parte da coleções da Ripa são variadas, usa-se o que há em mãos. É claro que há preferência por espécies mais nobres como Jequitibá e Pinho, mas Pinus e Maçarandubas, por exemplo, madeiras consideradas inferiores, não são deixadas de lado. Tudo é proveniente de escritórios de arquitetura e design, marcenarias e até mesmo de amigos.

Toda a produção da Ripa é local e 98% é feito pelo próprio Mairê e pela Gabriella, mas eles contam com auxílio de pequenos ourives e fundidores. “Tudo mão de obra de pequeno produtor local, aqui no Rio mesmo”, diz ela.

10409284_1609945915950789_5742875042364861702_n

10425893_1624140907864623_455992101043980675_n

No final de 2016, a Ripa abriu o leque de negócios e começou a oferecer alguns serviços como desenvolvimento de peças sob medida e planejamento e execução de projetos. Há desde alianças exclusivas até produção de espelhos, suportes e luminárias – tudo usando madeira como base para criação.

Você pode acompanhar a Ripa no Facebook e Instagram da marca, e conferir mais informações no site.

.

para blog

logo menos tendencia para posts blog

Bureau + Fernanda Cortez: a cor de 2017 é se reconectar com a natureza por Fernanda Cortez - Menos Um Lixo | Rio de Janeiro, 18.01.17

Já é tradição que todo final do ano o Instituto Pantone anuncie as cores tendências em Moda e Design para os próximos trezentos e sessenta e cinco dias. No ano passado, as cores símbolo de 2016 foram o rosa e o azul, Rose Quartz e Serenity, e a simbologia estava toda centrada no encontro dessas duas cores que, não à toa, representam o feminino e o masculino para toda uma geração. A mensagem era clara: união entre os sexos.

PANTONE-Color-of-the-Year-2016-v5-3840x2160

Este ano, a cor escolhida para representar 2017 foi o Greenery, um verde musgo misturado com amarelo intenso.

ftc-cor-do-ano-2017-pantone-greenery-02

“Esta é a cor da esperança e da nossa ligação com a natureza. Ela remete ao que chamamos de palavras “re”: regenerar, revitalizar, renovar, refrescar. Toda primavera entramos em um novo ciclo. Uma sombra que afirma a vida, o Greenery também é emblemático, como uma busca de suas paixões pessoais e vitalidade. Ela é uma cor simbólica; do que vemos acontecendo em nossa cultura global e serve como expressão e uma nova atitude.” É algo como olhar pra frente – explica Leatrice Eiseman, diretora executiva do Pantone Color Institute.

ftc-cor-do-ano-2017-pantone-greenery-01

As 10 tendências de cores dominantes da Moda Primavera/Verão 2017 anunciadas pela Pantone já davam uma pista. Todas tinham a ver com a vida na Terra, transmitiam essa sensação de pertencimento, com o intuito de trazer a mensagem de que somos parte da natureza.

Tabela-cores-2017-752x433

E, claro, essa mensagem chega em boa hora! Sim, a despeito de todo retrocesso que significou a vitória de Trump nos Estados Unidos e tudo que isso representa. Não é segredo pra ninguém que o agora eleito presidente da maior potência mundial é alheio às causas ambientais, inclusive, nomeou como chefe da agência de meio ambiente, Scott Pruitt, um opositor das políticas de combate às mudanças climáticas. Trump faz parte do grupo que nega o aquecimento global. Já dá pra ter uma ideia do grande problema que teremos pela frente. Não é de hoje que os Estados Unidos, maiores emissores de gases-estufa do mundo, priorizam a economia em detrimento do bem estar mundial. Força, amigos, HAJA ESPERANÇA!

Fiquem com o vídeo inspirador, um convite à reconexão!

.

{Este post é produzido e compartilhado com *Fernanda Cortez | Menos Um Lixo, em parceria com @thiwitty.}

*Fernanda Cortez é comunicadora, sócia da 220 Ideias Transformadoras e cabeça por trás do Menos 1 Lixo, movimento e plataforma de consumo consciente que chama atenção das pessoas sobre o volume de lixo que produzem no dia a dia, focando na mudança de pequenos hábitos diários, como a substituição dos descartáveis pelos reutilizáveis.

.

logo menos tendencia para posts blog