Já é tradição que todo final do ano o Instituto Pantone anuncie as cores tendências em Moda e Design para os próximos trezentos e sessenta e cinco dias. No ano passado, as cores símbolo de 2016 foram o rosa e o azul, Rose Quartz e Serenity, e a simbologia estava toda centrada no encontro dessas duas cores que, não à toa, representam o feminino e o masculino para toda uma geração. A mensagem era clara: união entre os sexos.

PANTONE-Color-of-the-Year-2016-v5-3840x2160

Este ano, a cor escolhida para representar 2017 foi o Greenery, um verde musgo misturado com amarelo intenso.

ftc-cor-do-ano-2017-pantone-greenery-02

“Esta é a cor da esperança e da nossa ligação com a natureza. Ela remete ao que chamamos de palavras “re”: regenerar, revitalizar, renovar, refrescar. Toda primavera entramos em um novo ciclo. Uma sombra que afirma a vida, o Greenery também é emblemático, como uma busca de suas paixões pessoais e vitalidade. Ela é uma cor simbólica; do que vemos acontecendo em nossa cultura global e serve como expressão e uma nova atitude.” É algo como olhar pra frente – explica Leatrice Eiseman, diretora executiva do Pantone Color Institute.

ftc-cor-do-ano-2017-pantone-greenery-01

As 10 tendências de cores dominantes da Moda Primavera/Verão 2017 anunciadas pela Pantone já davam uma pista. Todas tinham a ver com a vida na Terra, transmitiam essa sensação de pertencimento, com o intuito de trazer a mensagem de que somos parte da natureza.

Tabela-cores-2017-752x433

E, claro, essa mensagem chega em boa hora! Sim, a despeito de todo retrocesso que significou a vitória de Trump nos Estados Unidos e tudo que isso representa. Não é segredo pra ninguém que o agora eleito presidente da maior potência mundial é alheio às causas ambientais, inclusive, nomeou como chefe da agência de meio ambiente, Scott Pruitt, um opositor das políticas de combate às mudanças climáticas. Trump faz parte do grupo que nega o aquecimento global. Já dá pra ter uma ideia do grande problema que teremos pela frente. Não é de hoje que os Estados Unidos, maiores emissores de gases-estufa do mundo, priorizam a economia em detrimento do bem estar mundial. Força, amigos, HAJA ESPERANÇA!

Fiquem com o vídeo inspirador, um convite à reconexão!

.

{Este post é produzido e compartilhado com *Fernanda Cortez | Menos Um Lixo, em parceria com @thiwitty.}

*Fernanda Cortez é comunicadora, sócia da 220 Ideias Transformadoras e cabeça por trás do Menos 1 Lixo, movimento e plataforma de consumo consciente que chama atenção das pessoas sobre o volume de lixo que produzem no dia a dia, focando na mudança de pequenos hábitos diários, como a substituição dos descartáveis pelos reutilizáveis.

.

logo menos tendencia para posts blog