Marca que abraça; criando e cultivando cultura

O que você sente quando chega no escritório da sua marca? O ambiente abraça você?  As pessoas estão felizes, focadas e alinhadas com o objetivo e os resultados? É um fato que marcas que constroem sua própria cultura e implementam seus valores de dentro pra fora são as que prosperam e proporcionam um grande desejo de pertencimento.

É na equipe que a semente é plantada. Por isso, é fundamental cercar-se de estímulos e viver o que a marca acredita dentro de sua própria organização.

Só assim as estratégias traçadas para o público externo serão bem-sucedidas e verdadeiramente consistentes. A equipe precisa falar a língua da marca. Engana-se quem pensa que a identificação só precisa acontecer com quem vai consumir o produto final. A regra é: cultura antes, marketing depois.

Cultura não se constrói da noite pro dia e muitas vezes precisa de reparos. É preciso, antes de tudo, fazer um exercício de autoconhecimento, identificando o princípio fundador. Quem é a sua marca, o que ela quer e aonde deseja chegar?

Empresas com uma cultura forte dependem de energia, paciência, persistência e muito planejamento – a curto e a longo prazo.

Existem algumas fórmulas e atitudes para otimizar esse processo. Aqui no Bureau aceleramos mudanças em culturas empresariais entendendo os objetivos organizacionais e a visão de futuro. Paralelo a isso, identificamos e ativamos o universo verbal e visual com uma injeção de energia e paixão em nossos Workchoques, Estiloterapias, Spas criativos e outras vivências, chamando a equipe pra participar presencialmente (e depois ainda tem dever de casa, no dia a dia, na vivência). É um processo muito bonito que envolve e, mais importante, funciona. E sua eficácia se dá justamente porque é uma experiência real, aplicada no estilo de vida e dando voz a todos os envolvidos, que por fim estabelecem uma importante conexão com a marca em questão.

Transparência também é muito importante, afinal, ninguém quer ser ou viver aquilo que não é – isso funciona tanto para pessoas quanto para marcas. Por isso, outra dica é fazer com que cada membro de uma organização entenda o seu papel e o seu propósito. Qual a sua contribuição dentro do sistema?

Um exemplo de uma marca com cultura viva e condizente com suas diretrizes é o The Wing. Na prática, trata-se de um coworking só para mulheres. Mas a forma como a marca opera, envolve suas integrantes e se manifesta no plano físico, faz toda a diferença.

Em seu discurso, o The Wing se posiciona como uma rede de espaços para trabalho e encontros que possibilitam o crescimento e a potencialização da mulher. “A missão do The Wing é o avanço profissional, cívico, social e econômico das mulheres por meio da comunidade. Acreditamos que o ato de se unir como mulher cria novas oportunidades, ideias e conversas que levarão a uma maior mobilidade e prosperidade.” – explicam em seu site oficial.

A mensagem é passada de forma inspiradora, ativando o storytelling. Mas a empresa não para por aí e esse é o diferencial do qual estamos falando. Ao vermos as fotos dos diversos espaços espalhados pelos Estados Unidos e Europa, é possível comprovar o investimento na perpetuação de sua cultura, de seus valores em vivências reais, diárias e, inclusive, palpáveis. A revista No Man’s Land (produzida pela marca “para mulheres com algo a dizer e nada a provar”) é a cereja do bolo da comunicação, unindo membros, embaixadoras da marca e clientes no mesmo universo.


Antes de nos projetarmos pro mundo, nós ativamos o autoconhecimento e arrumamos a casa, certo? Assim é com as marcas que, lembramos, são feitas por e para pessoas.

_

Curtiu esse artigo? É refletindo junto que as mudanças acontecem. Compartilhe com seu Big Boss e, se for Big Boss, compartilhe com a sua equipe. 🤓

Tags:
Carol Lancelloti

Carol Lancelloti

Carioca, formada em Moda, criativa em essência e comunicadora. Capricorniana com ascendente em Touro, abraça o mundo e faz de tudo um pouco: é fotógrafa mas também escreve, captura e edita, realiza e sonha. Bailarina e crazy cat lady nas horas vagas.

Deixe um comentário

O que fazemos

Branding

Consultoria de Estilo

Palestras

Vivências para inovação

Pesquisa

Projetos especiais

Criável

RIOetc

Receba nossas news