Swap Party

 

unnamed-1080x447

Compartilhar é palavra do momento. Em tempos de crises sociais, ambientais e financeiras a lógica do consumo e do descarte, assim como a da obsolescência e da ociosidade está ficando cada vez mais ultrapassada.

Na moda não é diferente. Muita gente já percebeu que renovar o guarda roupa a cada estação, descartando roupas que não seguem a tendência da temporada não faz sentido e que não é necessário usar dinheiro para ter acesso à novos looks. As “Swap Parties” são um bom exemplo disso, o nome, que  literalmente quer dizer “Festa da Troca”, se refere à um tipo de evento que  tem feito sucesso nos Estados Unidos, país onde essa prática foi criada (mais precisamente em Manhattan) e na Europa.

10502437_1661347617432434_5825630808686203733_n

Qualquer pessoa pode organizar uma festa da troca, basta reunir um grupo de pessoas interessadas, cada pessoa terá que levar um número de roupas próprias, usadas, semi-novas ou novas (daquelas literalmente estacionadas no guarda-roupa) mas que estejam em bom estado. Se muitas pessoas forem convidadas é importante estabelecer um número de roupas por convidado. Feito isso, o próximo passo é providenciar algumas araras, cabides ou qualquer outro suporte onde as roupas dos convidados serão expostas.

Durante o evento as pessoas receberão fichas, que servirão como moedas de troca para adquirir as peças de roupas, que terão passado por uma análise prévia e receberão um valor, que normalmente varia entre 1 e 3 fichas. O convidado receberá as fichas equivalentes ao preço total de suas roupas. Só então o convidado poderá olhar e escolher as roupas expostas que lhe interessar. Depois de ter escolhido pagará as roupas com as fichas recebidas. Além de troca de roupas, as Swap parties também costumam contar com djs e drinks, afinal, trata-se de uma festa!

ComoFazBlog_Virada-2

Aqui no Brasil, a turma da trocaria vai promover um evento deste tipo durante a Virada Sustentável, que acontece este fim de semana em São Paulo. O troca-troca vai rolar  domingo, dia 30/08, no Centro Cultural São Paulo, para saber mais é só clicar aqui.

logo menos tendencia para posts blog

Elis Vasconcelos

Pesquisadora do Bureau de Estilo Renata Abranchs desde 2007, professora de pesquisa de moda e comportamento do consumidor, jornalista e mestranda em Mídia e Cotidiano na UFF. Ama viajar, observar as pessoas, os modos e as modas. Uma qualidade: bom humor (quase) eterno. Um defeito: se acha lenta; mas aprendeu a conviver bem com isso, acha mesmo que o mundo anda rápido demais.

Deixe um comentário

O que fazemos

Branding

Consultoria de Estilo

Palestras

Vivências para inovação

Pesquisa

Projetos especiais

Criável

RIOetc

Receba nossas news